Rizotomias e infiltrações

Rizotomias e infiltrações são tipos de tratamentos que tem o objetivo de diminuir a dor. São bastante seguros, não necessitam de internação hospitalar maior do que algumas horas. O paciente consegue fazer melhores reabilitações com exercícios, fisioterapia, rpg, quiropraxia pois não estará sentindo dor.

As infiltrações

infiltrações

Dentre as infiltrações possíveis na coluna vertebral estão os seguintes tipos:

  • Infiltrações articulares (que podem ser facetárias ou nas sacro-ilíacas)
  • Infiltrações peridurais ou foraminais

São utilizadas na infiltração substâncias analgésicas, anestésicas e/ou anti-inflamatórias.

As infiltrações articulares são usadas quando a origem da dor é uma ou mais articulações. As articulações podem estar doendo por desgaste, artrites ou artrose.

As infiltrações peridurais ou foraminais são feitas ao redor das estruturas nervosas. São utilizadas quando a origem da dor é neurológica. Isso pode acontecer quando as raízes de nervos estão inflamadas por compressão, por problemas posturais ou de instabilidade. No caso peridural a infilração é ralizada na gordura que fica dentro do canal medular, do mesmo jeito que se faria uma anestesia peridural, nas costas. No caso foraminal, a infiltração é feita próxima à saída da raiz nervosa acometida.

O efeito é temporário, depende de cada pessoa, mas costuma durar cerca de 2 a 6 meses.

As rizotomias

As rizotomias são bloqueios de pequenos ramos de nervos que servem para dar sensibilidade à própria coluna vertebral. Através do uso de algumas medicações, ou de radiofrequência, são “queimadas” algumas fibras desses nervos, as mais finas, que são responsáveis pela condução dos estímulos dolorosos. Então, com esse bloqueio da via que levaria a informação de dor da coluna até o cérebro, o paciente pára de sentir a dor.

As rizotomias são utilizadas também quando a origem da dor são as articulações, pois as fibras nervosas que são queimadas trariam a informação de dores dessas estruturas. Esse procedimento não serve para tratar dor de compressões nervosas ou hérnias de disco, por exemplo.

As fibras queimadas na rizotomia se regeneram depois de um tempo. Então este procedimento também é considerado temporário. O tempo de efeito é geralmente cerca de 6 meses.

Continuação do tratamento

Esses tratamentos são bastante eficientes para alívio da dor. Mas é preciso lembrar que são temporários, ou seja, se o paciente não fizer outros tratamentos, a dor voltará. É durante o tempo que o paciente não está sentindo dor que ele poderá fazer tratamentos mais efetivos de fortalecimento, exercícios, RPG, e outros, pois não estará sentindo dor. O objetivo é que quando o efeito temporário passar, a coluna já esteja reabilitada de tal forma que a dor não volte.

Vídeo

Confira o vídeo que fiz sobre esse assunto no meu Canal do YouTube.

 

Enfim

Assistam outros vídeos no meu Canal do Youtube. E inscrevam-se para receberem novidades: Saúde da Coluna

Vejam outros artigos e vídeos aqui nesta página. Mandem comentário. Conheçam o endereço e telefones do meu consultório. Acessem minhas outras redes sociais. Tudo isso a partir da página inicial, CLICANDO AQUI.

Muito obrigado pela atenção e até a próxima!!

 

 

Compartilhe nas suas redes:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Envie o seu comentário:

Rua Cubatão, 86 – conjunto 1104 – Vila Mariana – São Paulo – CEP: 04013-000